Cachorros X plantas tóxicas: veja como é possível preservar a saúde do pet

Consultamos a paisagista Jamile Tarabay para indicar algumas opções de plantas tóxicas que devem evitadas em seu jardim, para preservar a saúde do pet. Confira!

 

Cachorros X plantas tóxicas: veja como é possível preservar a saúde do pet

Quando se tem animal de estimação em casa, como no caso da Elisa, tutora da Julie – uma Golden Retriever cheia de pose –, é preciso cuidado com a escolha das plantas, pois algumas espécies são tóxicas e podem fazer mal à saúde dos pets. “Elisa trocou algumas plantas que sugeri por lírio-da-paz (Spathiphyllum wallisii) e antúrios (Anthurium andraeanum) no canteiro da garagem, que são tóxicas para cachorros, mas Julie é acostumada e não come nem urina no canteiro”, explica a paisagista Jamile Tarabay. Espécies como azaleia (Azalea sp), espada-de-são-jorge (Sanseveria trifasciata), comigo-ninguém-pode (Dieff enbachia sp), entre outras, também devem ser evitadas em casas com cachorros não adestrados.

  • Aposte!
    Suculentas rosa-depedra (Echeveria spp), dedo-de-moça (Sedum morganianum) e aristata (Aloe aristata) custam R$ 18 cada.

 

*Preços pesquisados em janeiro de 2017.

 

*Por Monelli Oliveira | Foto Toni Freder | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Revista Construir Mais Por Menos | Edição 71